A maldição do Ex

💜Fantasia romântica é um subgênero literário que combina elementos da fantasia com romance. Este tipo de histórias contem magias, criaturas místicas e aventuras épicas, enquanto ao mesmo tempo exploram relações amorosas e emoções românticas.

💜Romance paranormal é um subgênero de ficção romântica que combina romance com elementos sobrenaturais ou paranormais. Apresentam personagens que possuem habilidades sobrenaturais, seres mágicos. Podem incluir vampiros, lobisomens, bruxas, fantasmas, anjos, demônios e outras criaturas fantásticas.

💜Monster romance um subgênero que explora relacionamentos românticos entre seres humanos e monstros ou criaturas sobrenaturais. Essas histórias muitas vezes desafiam as normas convencionais do romance, introduzindo elementos fantásticos ou de terror.
jhenifer
Site Admin
Mensagens: 18
Registrado em: Qui Dez 21, 2023 2:04 pm

A maldição do Ex

Mensagem por jhenifer »

A Maldição do Ex - Rachel Hawkins
A-Maldicao-do-Ex-Rachel-Hawkins.jpg
A-Maldicao-do-Ex-Rachel-Hawkins.jpg (80.42 KiB) Exibido 1292 vezes
Vivienne Jones e Rhys Penhallow

Vivi, uma jovem bruxa, teve seu coração partido por Rhys devido a uma escolha que ele queria seguir. Vivi e sua prima resolveram amaldiçoá-lo e, depois de nove anos, ele volta à cidade e aí que começa a loucura.
Irei dar meu feedback no meu ponto de vista. Eu sempre tento não colocar spoiler, mas pode ocorrer de ter...

Começamos com Vivi lamentando o término do romance entre ela e Rhys. Não entendi se eles estavam apenas ficando ou realmente namorando sério. O que dá a entender é que era só um rolo mesmo. Ele escolheu agradar o pai, o que deixou ela acabada na fossa...

Bêbadas, ela e a prima o amaldiçoaram como uma brincadeira. O que não me convenceu foi que elas fizeram tudo para que fosse real. Houve acontecimentos estranhos no quarto, o gato ficou arisco e, mesmo assim, elas insistiram que era só uma brincadeira :roll: .

Ele voltou para a cidade e começam a acontecer vários eventos contra ele, e o pior acontece quando ele foi à caverna para fortalecer as linhas de ley. Depois disso, eles voltam para a cidade e, de primeira, a prima dela está sendo atacada por pequenas caveiras. Mesmo depois de terem enfrentado esse desafio naquela noite, elas estavam céticas de que nada estava acontecendo.

O livro não é ruim, mas não o releria. Teve muitas coisas que não me agradaram, principalmente o fato de elas já serem adultas, pois 19 anos para mim já são responsáveis o suficiente para não amaldiçoar um ficante. Poxa, elas são bruxas e não sabiam nada. Eles pensam demais, sabem que está acontecendo algo estranho na cidade, mas às vezes fingem que não. Ela, mesmo em vez de tentar resolver o problema, foi dar aula. Esses caminhos que eles seguem acabam cansando, como os pensamentos, a falta de diálogo quando era necessário e sempre acharem que nada estava acontecendo. A prima dela tratá-lo como um cuzão parece que ele fez algo muito grave.

Ficou mais interessante quando capturaram a fantasma, mesmo com eles fingindo e não conversando. Gostei de outros acontecimentos, e a leitura para mim foi bem fluída também.
Minha nota, de 0 a 5, é 3,5.
Responder